40% dos diabéticos sofrem de alterações oftalmológicas

  • 40% dos diabéticos sofrem de alterações oftalmológicas

    A retinopatia diabética está diretamente ligada ao tempo de evolução da doença e acomete grande parcela da população em fase intensamente laborativa nos países industrializados. Sintomas visuais do paciente com diabetes descompensado: apresenta visão borrada e dificuldade de refração.

    As complicações a longo prazo envolvem diminuição da acuidade visual e visão turva, que podem estar associados a catarata ou a alterações retinianas (retinopatia diabética). A retinopatia diabética pode levar ao envolvimento importante da retina causando, inclusive, descolamento de retina, hemorragia vítrea e cegueira.

    Fatores de risco para o diabetes mellitus: idade maior ou igual a 45 anos; história familiar (pais, filhos e irmãos com diabetes), sedentarismo; HDL-c baixo ou triglicerídios elevados; hipertensão arterial;  doença cornonariana; DM gestacional prévio; filhos com peso maior do que 4 kg, abortos de repetição ou morte de filhos nos primeiros anos de vida; uso de medicamentos que aumentam a glicose (cortisonas, diuréticos tiazídicos e beta-bloqueadores).

    COMPLICAÇÕES
    Retinopatia diabética, problema do olho, causado pelo diabetes, por provocar sangramento do olho, pode resultar em perda parcial da visão, já que o diabetes causa a morte de muitas veias da retina.

    É comum pessoas com tipo I ou II de diabetes terem retinopatia diabética.

    PREVENÇÃO
    Para ajudar a prevenir a retinopatia diabética é importante: controlar o açúcar no sangue e a pressão sanguínea; parar de fumar ( o fumo pode acelerar o desenvolvimento da retinopatia); seguir uma dieta e um plano alimentar para o seu diabetes; evitar momentos de esforço, incluindo espirrar, tossir, vomitar e dificuldades de intestino; faça exames de visão regularmente.

    CUIDADOS
    Dormir com a cabeça levantada (esta posição diminui a pressão sanguínea dos olhos); quando estiver doente, use xaropes para ajudar a tossir menos (a tosse pode causar pressão nos olhos); quando tiver um distúrbio gástrico, peça ao médico remédios para prevenir vômito (causa aumento da pressão ocular); tomar remédios para enjoos quando viajar para evitar vômito.

    – –
    Fonte: Portal da SBO – Sociedade Brasileira de Oftalmologia

AOS NOSSOS AMIGOS E CLIENTES

Comunicamos que devido as festas de final de ano estaremos em recesso a partir de 21/12/2018 retornando as atividades normais em 02/01/2019

DESEJAMOS A TODOS BOAS FESTAS

EQUIPE DERMAVISUS
DERMATOLOGIA E OFTAMOLOGIA