Diabetes mal controlada aumenta o risco de problemas nos olhos

  • Diabetes mal controlada aumenta o risco de problemas nos olhos

    Quando o paciente diabético tem bom controle da glicemia (quantidade de açúcar no sangue) ajuda a evitar complicações à saúde, como: doença renal, ataques cardíacos, derrame cerebral, pressão alta, má circulação, formigamento nas mãos e nos pés, problemas sexuais, amputações, infecções e problemas oculares.

    O paciente com o Diabetes descompensado apresenta, com frequência, a visão embaçada. Com o passar do tempo pode, também, perder acuidade visual. Esses sintomas podem estar ligados à catarata ou alterações na retina, como a retinopatia diabética, que é uma complicação grave que pode causar descolamento de retina, hemorragias e cegueira.

    Não controlar o diabetes pode causar…

    Visão turva

    Uma visão embaçada, com perda de nitidez e com dificuldade de ver os detalhes, muitas vezes pequenos, é um dos problemas que podem ser causado pelo Diabetes Mellitus. Tais sintomas demandam a procura de um especialista para correção, caso contrário, um problema que, a princípio, não levaria a cegueira, pode gerar outras complicações à visão.

    A visão turva acontece quando o paciente tem um quadro de hiperglicemia (muito açúcar no sangue)! O açúcar chega até os vasos presentes nos olhos podendo alterar a visão do paciente. O embaçamento da visão pode ser temporário, basta que os níveis de açúcar no sangue sejam estabilizados. Sendo assim, quando a taxa de açúcar estiver normalizada a visão também voltará ao normal. No caso da hiperglicemia crônica, a saúde ocular pode sofrer diversas complicações levando a problemas temporários de visão. Caso os níveis de açúcar fiquem elevados com frequência os vasos oculares podem ser danificados, podendo eventualmente ser causa de cegueira.

    Retinopatia Diabética

    A falta de controle do Diabetes pode causar muitos danos e seus efeitos podem ser observados no organismo; vasos sanguíneos e nervos são os principais alvos. O problema mais comum do Diabetes para a visão é a retinopatia diabética! Trata-se de uma doença ocular grave que pode levar a cegueira, caso não seja tratada, que acontece por causa de danos nos vasos sanguíneos da retina. As altas taxas de açúcar no sangue e a pressão alta são pontos ligados ao Diabetes, que facilitam a ocorrência da retinopatia.
    .

    ESTÁGIOS DA RETINOPATIA DIABÉTICA

    O primeiro é o não-proliferativo: quando os vasos sanguíneos na área da retina apresentam partes mais frágeis, onde existe vazamento de sangue, levando a uma visão embaçada. Neste caso, o edema macular é o perigo!

    O segundo é o proliferativo: neste caso o maior risco é de o paciente perder a visão! Acontece quando os vasos sanguíneos anormais crescem na própria retina, podendo encharcar o olho de sangue, com grandes chances de deslocamento de retina.
    .

    SINTOMAS DA RETINOPATIA DIABÉTICA

    • Visão embaçada
    • Perda súbita de visão
    • Diminuição de visão noturna
    • Visão dupla
    • Mudanças repentinas na qualidade da visão
    • Enxergar pontos negros.

    A catarata e o glaucoma neovascular também são doenças oculares causadas pela falta de controle da glicemia! Para esses pacientes, as chances de desenvolver tais problemas são maiores.
    .

    INCIDÊNCIA DE DIABÉTICOS COM RETINOPATIA E TEMPO DE DURAÇÃO DA DOENÇA

    • Há mais de 3 anos, 5%
    • Há mais de 15 anos, 80%.

    Esse aumento se dá pela constatação de que a maioria das pessoas com Diabetes não controla a glicemia de forma cuidadosa. Mas, os riscos de desenvolver a retinopatia diabética diminuem para 76%, nos casos em que há o controle da glicemia de forma criteriosa e regrada.

    – –
    Fonte: CBO – Conselho Brasileiro de Oftalmologia